Mestrado em História

Para quem termina a graduação em História, com certeza, os caminhos da pós-graduação se abrem naturalmente. Para quem gosta dessa área, ao se deparar com a infinidade informações, o mestrado em História passa a ser prioridade. É impossível não se sentir incentivado a dar continuidade aos estudos com tantas possibilidades diferentes de carreira. Quando se trata de pós-graduação, então, os estudantes não deixam passar a oportunidade.

A formação em um curso de graduação em História pode ser em duas modalidades, ou seja, bacharelado ou licenciatura. Em sua maioria, o curso mais buscado é licenciatura em História, assim o objetivo do curso é de formação de professores para atuar na Educação Básica, no Ensino Fundamental e Ensino Médio, em escolas da rede pública ou particular. O local onde o graduado irá lecionar depende de suas escolhas e propostas de emprego.

Faça seu Mestrado em Matemática

Como sabemos, o ensino superior se encontra em um momento de massificação no mundo inteiro, inclusive no Brasil. Por conta disso, conseguem se destacar no mercado de trabalho aqueles que logo ao entrar na graduação assumem o compromisso de realizar sua formação com seriedade. E, consequentemente, ao longo do curso, com a dedicação de cumprir as leituras teóricas básicas e complementares, bem como aqueles que não se acomodam apenas com os conteúdos dados em sala de aula.

Para se sobressair, tanto na graduação como no mestrado em História o aluno precisa estar sempre se atualizando em termos de tecnologias, metodologias pedagógicas e modernidades. Aqueles que  desenvolvem suas competências de educadores e pesquisadores continuamente, são mais notados no mercado de trabalho. Ao lado disso é fundamental que o estudante dê a devida continuidade aos estudos.  Especialização, Mestrado, Doutorado, enfim, encontrar mais qualificação em cursos nas áreas de seu interesse, mantendo-se assim atualizado em relação à profissão escolhida.

Vantagens de cursar Mestrado em História

Uma das maiores vantagens de fazer mestrado em História é, sem dúvidas, a possibilidade de conseguir uma bolsa de estudos. Nas universidades públicas, os programas de mestrado não são pagos, mas os estudantes são incentivados a se dedicarem com exclusividade à pesquisa, abrindo mão de vínculos empregatícios.

Para viabilizar a opção de quem decide de dedicar totalmente ao mestrado, a Capes e o CNPq, ambos programas ligados ao governo federal, fornecem bolsas de estudo às universidades. Esse valor é repassado aos mestrandos que são selecionados de acordo com os critérios definidos por cada universidade. Nos dias de hoje, o valor das bolsas é de aproximadamente R$ 1.200,oo.

Outra vantagem de cursar o mestrado em História é que o conhecimento adquirido nos estudos de mestrado ajudam muito. Se o mestrando estudar de forma correta e intensa, sairá do curso com uma grande vantagem em relação aos seus concorrentes no mercado. O diploma de mestrado é um diferencial em todos os casos. As escolas, principalmente, voltadas para educação fundamental, de 1º a 9º ano, estão passando a exigir o diploma de mestrado na hora de contratar seus professores.

Em outras áreas do conhecimento, como Matemática, Física e Química, existe a suposição de que o mestrado perde sua importância. Dizem isso porque seria melhor que os alunos se preparassem para ingressar de uma só vez no doutorado. A ideia é voltada, principalmente, para a evidente carência de doutores no mercado. No entanto, ao analisar o curso em questão, isso não faz nenhum sentido.
Até mesmo porque o historiador precisa adquirir uma maturidade intelectual, construída aos poucos, vivenciando e se aprofundando em algumas questões. No mestrado em História, o graduado poderá cursar disciplinas de pós-graduação, ampliar sua carga de leituras, receber orientação individualizada. Essas atividades lhe darão experiência e o prepararão para o doutorado.

Mestrado em História – Onde fazer?

São diversas faculdades que oferecem o curso de pós-graduação em História com os mais diversos campos de pesquisa. Você poderá escolher e selecionar o campo com que você mais se identifica e fazer a sua inscrição no processo seletivo.

É claro que apesar da quantidade de universidades, nem todas oferecem mestrado. E isso pode se restringir mais ainda quando o assunto é mestrado de qualidade. Ou seja, não basta ser universidade, tem que ser uma instituição que esteja preocupada em te oferecer a melhor formação, a melhor estrutura para você realizar as pesquisas necessárias.

Entre as universidades que se destacam, estão:

Essas quatro instituições são referência para os alunos que buscam o mestrado em História. Além de desenvolver bons projetos de pesquisa, os docentes e a estrutura da faculdade favorecem na formação do historiador. Vale a pena conferir e ficar de olho nos editais dessas faculdades para não perder as datas de seleção para o mestrado.

Processo Seletivo para Mestrado em História

Se você quer ingressar no mestrado em História, o primeiro passo é entender como funciona o processo seletivo. Ele possui algumas características diferentes do vestibular, comum para a graduação, mas não chega a ser tão complexo. Veja o passo a passo de como começar o mestrado:

  • Prova escrita
    A prova escrita, com assuntos específicos relacionados à área de atuação do programa, é utilizada em alguns processos seletivos para o mestrado. Não se esqueça de estudar a bibliografia recomendada e o conteúdo programático que estará no edital.
  • Projeto
    O projeto é como uma carta de intenções. Por ele os professores analisam seu conhecimento e sua capacidade de planejamento. Além disso, eles medem o nível de domínio da redação científica e se a sua intenção se encaixa nas linhas de pesquisa proposta pela faculdade.
  • Análise de currículo
    É importante que você tenha feito estágios, participado de congressos, publicado resumos e artigos. Bolsa de iniciação científica na graduação conta muito. No edital do processo seletivo provavelmente haverá uma tabela com a pontuação que cada item do seu currículo vale.
  • Entrevista
    As perguntas básicas: por quê decidiu fazer pós-graduação, qual área que gostaria de estudar, se você trabalha, e caso seja essa a sua situação, se conseguirá conciliar o trabalho e a pós-graduação.
  • Exame de proficiência
    Alguns programas de pós-graduação exigem na seleção que o candidato seja aprovado em um exame de proficiência em uma língua estrangeira, geralmente o inglês. Uma dica interessante é pegar artigos publicados em periódicos científicos na área do programa e na língua que será cobrada, traduzir e estudar cada um.

Depois dessas etapas, caso seja aprovado, poderá dar início ao seu metrado.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 6

Mestrado em História

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*