Mestrado em Saúde

Completar uma graduação na área da saúde é, sem dúvidas, um grande desafio. Mas, você já parou para pensar que a sua trajetória não para por aí? São muitas opções que você tem par continuar expandindo seus horizontes. A área da saúde está em constante mudança e crescimento, é muito importante que haja um interesse maior e progredir cada vez mais. O Mestrado em Saúde, portanto, é o primeiro passo para intensificar o seu sucesso profissional. As área que mais se destacam são Biologia e Anatomia, mas você pode investir, por exemplo, em Saúde Coletiva, que está em alta.

A área da saúde é imensa. As possibilidades de crescimento superam todas e qualquer barreiras. Quando uma pessoa inicia uma Graduação nesse ramo, fica explícito que há uma grande vontade de ajudar o próximo. Por isso, as opções são tantas e, por incrível que pareça, a concorrência também é grande. Não basta se candidatar e iniciar uma pós-graduação em Saúde. É preciso passar por um Processo Seletivo e conquistar sua vaga. Normalmente, são disponibilizadas no máximo 20 vagas. As turmas não são tão grandes quanto na graduação e, por isso, exige mais de seus inscritos.

Por exemplo, quem opta pelo curso de pós em Química, certamente terão uma facilidade maior de entrar, pois não apresenta tanta concorrência. O importante é se preparar e não deixar passar muito tempo depois de encerrar a Graduação. Quanto mais tempo você espera para iniciar, mais fácil será para você desistir ou adiar essa conquista. A área da saúde, no entanto, precisa de novos profissionais capacitados e engajados com a sala de aula. Muitos pós-graduados investem na carreira de professor e isso é um incentivo para os novos alunos. A seguir vamos analisar quais são as vantagens do mestrado. Acompanhe com a gente e saiba mais.

Vale a pena fazer Mestrado em Saúde?

Fazer esse mestrado, para muitos, não parece vantajoso. Principalmente se a sua Graduação tiver sido no próprio curso de Medicina, pois o foco maior é investir em Residência e consultório. Mas as outras áreas da saúde, sem dúvidas, acreditam que o mestrado em Saúde Pública ou Coletiva, por exemplo, são chances de encarar o mercado com mais experiência e atingir cargos melhores. É importante lembrar que o mestrado não é destinado apenas para aqueles que querem dar aula.

Entre as principais linhas de pesquisa para quem vai investir no mestrado, estão:

  • Determinantes do processo saúde e doença no ciclo da vida;
  • Nutrição em Saúde Coletiva;
  • Cuidado em saúde: teoria e práxis;
  • Educação na Saúde: saberes e práticas.

Assim, cabe a você encontrar a faculdade mais próxima a você para começar o seu mestrado. Em Minas Gerais, a UFMG é um dos maiores destaques na área. Oferece Mestrado em Ciência da Saúde e é muito bem recomendada. Veja:

São 19 modalidades. Se você mora na região, basta ter o seu diploma de Graduação para se candidatar às vagas do Mestrado em Saúde. Todas as opções poderão alavancar sua carreira e te proporcionar bons momentos profissionais. Vale a pena investir e concluir o seu curso.

A importância do mestrado na área da saúde

A saúde precisa de mais visibilidade, os profissionais estão em busca de inovações que atribuam a eles um conhecimento maior e, consequentemente, dê uma turbinada em seus salários. Sempre que há uma oportunidade, é necessário se agarrar a ela. O mestrado é uma dessas oportunidades que vale a pena correr atrás, seja na saúde ou em qualquer outra área. Os estudantes precisam, apenas, se preparar para incluir esse momento em suas rotinas.

Isso é importante, pois, ao contrário da graduação, o mestrado exige um pouco mais de seus alunos. O projeto de conclusão de curso, que se baseia num estudo, se inicia logo nos inícios das aulas e deve ser apresentado ao final do curso que, em média, dura 2 anos. Se você não se programou, mas acabou tendo essa vontade de última hora, precisa tentar. As provas são específicas, baseadas em analisar o conhecimento do aluno durante a graduação e, assim, ser aprovado para a pós.

A concorrência costuma ser grande, pois sempre há novos interessados nessa expansão profissional que, consequentemente, ajuda no desenvolvimento financeiro. O poder aquisitivo aumenta muito, principalmente quando se uni com o salário de professor. Então, se você tiver vontade e a chance de investir em seu mestrado em Saúde, invista. Os resultados, certamente, serão muito positivos.

Mestrado em Educação em saúde, ambiente e qualidade de vida

Essa modalidade do mestrado trabalha, diretamente, com a sensibilização e capacitação para práticas que contemplem a avaliação de ações dos graduados. Além disso, a implementação de medidas de proteção individuais, ambientais e de saúde, bem como seu impacto na qualidade de vida da população são desenvolvidos.

Em sua maioria, o trabalho é sempre feito com ênfase nas doenças crônicas degenerativas. Isso ocorre pois ainda é uma área que necessita de novas descobertas, ainda não foi muito explorada. Há também uma parte voltada para o desenvolvimento das práticas profissionais com a intenção de formar para transformar, a vida dos mestres em saúde. Dessa forma, acabam tendo como cenário o campo da gestão, do ensino e de controle social em saúde. Tudo isso é possível com a utilização de metodologias ativas de educação e educação a distância. Uma das vantagens desse último tipo, é que vêm sendo vistas como indutoras de maior autonomia e crescimento profissional continuado e progressivo dos alunos.

É claro que, isso pode variar de uma instituição para outra e também varia do gosto do aluno. Muitos preferem modalidades presenciais, já outros preferem investir no EAD. Basta escolher aquele que mais condiz com a sua vontade e vai te ajudar na realização profissional.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Mestrado em Saúde

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*